Do dia de hoje

2 de Maio, 2021 Não Por Madalena Palma

Falta-me o ramo de flores que a minha mãe sempre me oferecia desde que fui mãe.

Falta a procura das flores amarelas para lhe oferecer.

Hoje roubei uma rosa amarela lindíssima que teimosa olhava para mim há dias.

Deixei-lha na campa onde, em pranto desesperei para lhe dizer que sinto a sua falta todos os dias.

Hoje é dia da mãe.

E hoje mais do que sentir o carinho do meus filhos no abraço que me dão são as saudades dela que me ocupam todas as horas.