Da saúde mental

13 de Fevereiro, 2021 Não Por Madalena Palma

Todos nos queixamos. Ainda mais numa altura em que os afetos não passam de palavras porque o toque, o sorriso, o abraço, ficam na distância que se exige.

Respeitemos as distâncias mas há que garantir os afetos porque, na vida, não devemos sentir que temos seja o que for como garantido.

Digamos o que temos de dizer.

Façamos o que tenhamos de fazer.

Hoje.